www.VALTV.org www.VALTV.org



Ter02092014

Back Notícias Entorno / Mundo PROTESTO CONTRA AUMENTO DE PASSAGEM EM PLANALTINA-GO

PROTESTO CONTRA AUMENTO DE PASSAGEM EM PLANALTINA-GO

  • PDF

Os moradores de Planaltina de Goiás fazem uma manifestação, nesta manhã de segunda-feira (26/7), na altura do km 4 da DF-128, na entrada da cidade. Os manifestantes interditam a via com pneus e galhos de árvores queimados. Segundo a Central Integrada de Atendimento e Despacho (Ciade) da Polícia Militar, o protesto é feito por conta do aumento das passagens dos ônibus intermunicipais.

De acordo com a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), a empresa estava autorizada a fazer o reajuste equivalente a dez centavos, subindo de R$ 4,25 para R$ 4,35, a partir do domingo (25/7). No entanto, segundo o diretor da Rápido Planaltina, Leonardo Silva, a empresa ainda não aumentou as tarifas.

Protesto
Nesta manhã, cerca de 20 ônibus de uma cooperativa da região foram colocados para circular como forma de protesto, pela Prefeitura, no valor de R$ 3,50. Porém, segundo os manifestantes, quatro destes coletivos foram apreendidos pela Polícia Militar por não possuírem autorização para rodar. A apreensão revoltou os usuários, que desceram dos ônibus e iniciaram o protesto na via. A corporação só confirma a apreensão de dois coletivos. Os manifestantes alegam que várias linhas da empresa Rápido Planaltina não têm autorização, mas continuam rodando.

Cerca de 50 pessoas participam da manifestação. De acordo com a Companhia de Policiamento Rodoviário (CPRv), os motoristas são obrigados a desviar o caminho por estradas de terra. O trânsito está parado na via por causa da interdição. A Polícia Militar, Ambiental e o Corpo de Bombeiros estão no local, mas, até por volta das 9h50, não havia nenhum registro de confronto.

O protesto conta com o apoio do prefeito de Planaltina de Goiás, José Neto, que, no ano passado, fez uma greve de fome de oito dias pelo mesmo motivo. O prefeito disse que os manifestantes não vão sair, enquanto não for resolvido o problema do transporte público da cidade. Mais pneus, alimentos e até uma tenda são providenciados. Eles querem a livre concorrência para que novas empresas também possam circular na região.

Transporte de passageiros
Atualmente, apenas a Rápido Planaltina tem autorização para realizar o serviço. Segundo Leonardo Silva, a empresa é a única fazendo o transporte em Planaltina. "Poucas cidades tem mais de uma empresa. Acredito que por causa do tamanho do percurso e da população", explica.

O diretor da Rápido Planaltina, do Grupo Amaral, Leonardo Silva, afirma que o aumento das tarifas não será colocado em prática, apesar da autorização da ANTT. "Não estamos entendendo o motivo da manifestação já que as passagens não aumentaram", explica. O diretor disse, ainda, que não há expectativa para o aumento. "A princípio, não iremos aumentar o valor", garante.

Leonardo Silva confirma que os coletivos da Rápida Planaltina circulam normalmente nesta manhã. "É evidente que estamos tendo problemas por causa da interdição, mas estamos fazendo caminhos alternativas para garantir o serviço", diz. Ele ainda disse que a empresa possui três linhas mães que circulam por Brasília, Planaltina e Sobradinho.

Por meio de nota, a Agência Nacional de Transporte Terrestre esclarece que os ônibus da Cooperativa Coopetrans não tem autorização para realizar o transporte de passageiros entre o município de Planaltina de Goiás e o DF. A Agência afirma, também, que irá coibir o transporte que se caracteriza irregular, cumprindo à legislação.

Sobre o aumento das passagens, a ANTT informa que concedeu o reajuste de 1,195% para o ano de 2010. No entanto, a assessoria de imprensa esclare que as empresas não são obrigadas a fazer o reajuste, que é concedido a cada 12 meses pela Agência.

A Agência também disse ter encaminhado, em 2009, uma minuta de convênio para que os governos do Distrito Federal e de Goiás fossem responsáveis pela gestão do transporte do entorno e aguarda o posicionamento.

Aguarde mais informações

Fonte: Correio Braziliense


PROTESTO CONTRA AUMENTO DE PASSAGEM EM PLANALTINA-GO