www.VALTV.org www.VALTV.org



Qui21082014

Back Notícias Entorno / Mundo FALECE O JORNALISTA SÍLVIO LINHARES - BRASÍLIA-DF

FALECE O JORNALISTA SÍLVIO LINHARES - BRASÍLIA-DF

  • PDF
Youtube - Brazolia

Corpo do jornalista Silvio Linhares é cremado em Valparaíso

O corpo do jornalista Silvio Linhares foi cremado por volta das 10h desta terça-feira (22), no Cemitério e Crematório Jardim Metropolitano, em Valparaíso (GO). Linhares faleceu no último domingo (20), às 13h30, no Hospital Santa Maria, após complicações em uma cirurgia na perna, que teve de ser amputada. O jornalista sofria de câncer no pâncreas, doença diagnosticada em janeiro e que estava em estado avançado.

Silvio Linhares nasceu no Rio de Janeiro, onde começou a trabalhar como radialista. Também passou por emissoras do Espírito Santo antes de se mudar para Luziânia (GO), no início da década de 1980. Em 1982, se tornou repórter da Rádio Planalto. Foi também locutor nas rádios Globo e Atividade, onde trabalhou até o final do ano passado.

Ele criou o programa policial 'Na polícia e nas ruas', que deu origem ao jornal de mesmo nome. Em 1998, foi eleito deputado distrital pelo PMDB. Exerceu o mandato até 2002. Silvio Linhares tinha 61 anos e deixou 13 filhos, entre biológicos e adotivos, e um neto.

Fonte: Correio Braziliense - Publicação: 22/03/2011 10:43 Atualização: 22/03/2011 10:45


Morre radialista e ex-deputado distrital Sílvio Linhares

Publicação: 21/03/2011 13:32 Atualização:

O radialista e ex-deputado distrital Sílvio Linhares morreu neste domingo (21/3), às 13h30, no Hospital Santa Helena em decorrência de uma cirurgia na perna. Ele sofria de diabetes e de problemas cardíacos e, em 17 de janeiro, foi diagnosticado com câncer no pâncreas. Linhares chegou a ficar internado por 22 dias, mas havia retornado para casa. Passou mal e voltou ao hospital no dia 14 deste mês. Três dias depois, os médicos decidiram amputar a perna do radialista devido a uma trombose.

Com o estado de saúde debilitado, Linhares não se recuperou bem da operação e permaneceu na unidade de terapia intensiva (UTI) até a tarde de ontem. Pelo PMDB, ele exerceu o mandato parlamentar de 1998 a 2002. Em março do ano passado, recebeu o título de cidadão honorário de Brasília em sessão solene na Câmara Legislativa. Com mais de 40 anos de profissão, Linhares trabalhou no programa Na polícia e nas ruas, na Rádio Atividade, até janeiro.

O velório será realizado das 8h de hoje até às 8h de amanhã, na capela 6 do Cemitério Campo da Esperança. Depois, o corpo seguirá para cremação. “Vou trabalhar todos os dias e continuar o trabalho dele para Brasília jamais se esquecer do meu pai”, disse emocionado Fred Linhares, filho de Sílvio.

Fonte: Correio BraziliensePublicação: 21/03/2011 13:32 Atualização:


Morre importante jornalista de Brasília

O jornalista e  ex-deputado distrital (PMDB), Silvio Linhares, 61 anos, morreu neste domingo (20), por volta das 14h, no Hospital Santa Helena, na Asa Norte,  onde estava internado havia cinco  dias.

O corpo será velado na capela seis do Cemitério Campo da Esperança a partir das 8h de segunda-feira (21). Depois será cremado.

Radialista há mais de 30 anos, Silvio Linhares começou a carrreira no Rio de Janeiro. Depois trabalhou no Espírito Santo, Luzânia e Brasília,  onde iniciou na antiga Rádio Globo, atual CBN .

Silvio também trabalhou  na Radio Atividade e Radio Ok. Retornou para a Atividade onde comandava o programa na Polícia Nas Ruas, líder de audiência há mais de um década.

Há cerca de cinco anos, Silvio Linhares  montou o   Jornal na Polícia Nas Ruas, o único especializado em notícias policiais, no Distrito Federal.

Como deputado distrital Silvio Linhares se destacou por ter aprovado 65 projetos. Dentre eles, o que criou  os  restaurantes comunitários, vagas para idosos, e o Colégio Militar do Corpo de Bombeiros, Dom Pedro II, no Setor Policial Sul.

Fonte: Da redação do clicabrasilia.com.br, com informações de Luís Augusto - Publicação: Domingo, 20/03/2011 às 18:46:59

O radialista Sílvio Linhares recebe título de cidadão honorário de Brasília

22/03/2010 14:43

Sílvio Linhares: emocionado. Ao fundo, seu filho, Fred (Foto: Rinaldo Morelli/CLDF)

O radialista e ex-distrital Sílvio Linhares recebeu hoje (22), das mãos da deputada Eliana Pedrosa (DEM), o título de Cidadão Honorário de Brasília, em sessão solene que reuniu parte de seus muitos amigos e admiradores. Eliana lembrou os 42 anos de profissão de Linhares, que começou na Tupi, do Rio de Janeiro, e hoje é responsável pelo programa "Na polícia e nas ruas", na Rádio Atividade.

Eliana disse que a história de trabalho, de amor, de dedicação e de sucesso de Sílvio Linhares o torna merecedor das maiores homenagens, ao revelar o que o torna diferente: a paixão com que se dedica a tudo que faz. E foi essa paixão que o levou a ter 15 filhos, sete dos quais, adotados, e a desenvolver, paralelamente a seu programa de rádio, uma forma de ajudar às pessoas que o procuram como a última esperança de resolver seus problemas.

"É um dos últimos jornalistas românticos da atividade policial", disse dele o diretor geral da polícia civil do DF, Pedro Cardoso Santana Filho. O sucesso de Linhares, segundo o prefeito de Água Fria de Goiás e ex-distrital João de Deus, decorre de seu modo de informar, bravo e sincero, não dispensando nem mesmo os palavrões.

O juiz de Planaltina, Ademar Silva de Vasconcelos, observou que mesmo dispondo de um instrumento poderoso, o microfone, o homenageado tem outra qualidade talvez mais importante: a alta capacidade de transmitir o amor. Essa condição foi também destacada pelo colega de profissão, Jorge Abrahão, ao mencionar as muitas pessoas que o procuram após os programas, porque ele representa a certeza do socorro.

O cardiologista Bonfim Tobias avaliou que não são os medicamentos que cuidam do coração de Linhares, mas a sua própria alma, simples, sincera e cheia de bondade. O filho, Fred Linhares, explicou que não só aprendeu muito com o pai, mas "com ele aprendi tudo o que sei". E esse aprendizado não se limitou a porta de delegacias, de fóruns, de gabinetes de juízes, mas foi além, por que aprendeu que o valor das pessoas está em suas qualidades.

Ao agradecer, o homenageado retribuiu, enaltecendo os numerosos amigos presentes. E lembrou o passado e as lições que recebeu de sua avó analfabeta e dos pais, de que a humildade, a bondade e a lealdade são valores perenes. Sílvio Linhares deixou o lead para o final, anunciando ter passado no vestibular de Direito e que começa a estudar hoje mesmo.

Donalva Caixeta Marinho - Coordenadoria de Comunicação Social

Fonte: CLDF


FALECE O JORNALISTA SÍLVIO LINHARES - BRASÍLIA-DF