www.VALTV.org www.VALTV.org



Qui24042014

Back Notícias Valparaíso de Goiás SUPLETIVO, EDUCAÇÃO, CULTURA E MARCONI PERILLO EM GOIÁS

SUPLETIVO, EDUCAÇÃO, CULTURA E MARCONI PERILLO EM GOIÁS

  • PDF
SUPLETIVO - Como resposta às inúmeras perguntas sobre inscrições do supletivo, publicamos:

A desvalorização da educação e da cultura, frequentemente, tem suas motivações arraigadas na personalidade de administradores. Diz-se que toda regra tem exceção, mas também, que se tem exceção, não é regra. Não existe meio buraco, é buraco ou não é buraco. O buraco em que se encontra a Educação e Cultura do Estado de Goiás parece estar fundeado no abismo das personalidades de administradores retardatários, recalcados e frustrados que preferem nivelar o desenvolvimento dos cidadãos das regiões em que vivem abaixo dos níveis elementares que atingiram em seus paupérrimos desenvolvimentos pessoais. Assim em Goiás, como em Valparaíso de Goiás, evidente se torna tal manifestação.

O SUPLETIVO, sistema que permite que muitos cidadãos recuperem o tempo perdido nos estudos, principalmente, em decorrência da desordenada vida que levam os brasileiros que nascem, vivem e morrem correndo pela sobrevivência, ao contrário do governador Marconi Perillo que se formou tardiamente, por conveniência, por preferir rendimentos da política à formação. Tendo sua formação acadêmica com diversas interrupções, aprovado no vestibular para Ciências Sociais da Universidade Federal de Goiás em 1980; aprovado para o curso de Engenharia Industrial Mecânica, na Universidade Brás Cubas, de Mogi das Cruzes (SP) em 1982; aprovado para o curso de Direito da UCG em 1985; tendo concluído, tardiamente, o curso de Direito em 2010, com 47 anos, na Faculdade Alves Faria, sem nenhuma tradição, com apenas 10 anos de existência. Considerando que entre os motivos que predominam no contexto das desistências e busca de instituições de menor tradição está a falta de disponibilidade de recursos, inclusive de tempo, e de competência, a expectativa, mínima, em relação a este goiano é de que desenvolvesse a sensibilidade quanto a estas questões. Entretanto, o que se observou foi decadência do sistema de suplência e ensino no Estado de Goiás, a partir do 1° mandato como governador em 1999, já em 2000 desaparece a Suplência Técnica Profissionalizante, assim como no mandato de 2003 os exames se tornaram irregulares, sendo realizado uma vez por ano, quando anteriormente, era realizado semestralmente, neste mandato de 2011, a angústia de milhares de cidadãos aumenta e atinge até mesmo os servidores de órgãos relacionados, muitos dependem de conclusão de 1 ou 2 disciplinas e vêem o que era para facilitar, atrasar,  tirar esperanças. Ligações para Secretaria de Educação, COEDI e pedidos de informações em sites que dão atenção ao assunto, proliferam.

POLOS DE ORIENTAÇÃO PARA OS CANDIDATOS AOS EXAMES SUPLETIVOS
COEDI - Coordenação de Educação a Distância
Av. Anhanguera, n° 7.171, Setor Oeste. Telefones (62) 3201-3135/3201-3136 / 3201-3139 (ramais: 203, 207, 208, 210, 211, 212, 215, 219, 223). 0800 6433043. Obs.: Nos polos do interior, procure a Subsecretaria Regional de Educação.

A EDUCAÇÃO, com a escolha de um secretário do PMDB partido de oposição no Estado de Goiás e no país, que para muitos foi um gesto magnânimo, diante do perfil do governador, levanta-se outras hipóteses:

- Não é do perfil político do PSDB cuidar da educação, por isso entre os seus membros não foi possível indicação;

- A precariedade da educação é tamanha que se torna inconveniente ser administrada pelo PSDB;

- Não há interesse do PSDB em relação à educação, portanto, que o desgaste seja compartilhado ou atribuído ao PMDB.

Enfim, muitas dúvidas, muitas dúvidas...

A CULTURA, com a redução da verba em 50%, Lei Goyazes, que já era irrisória, aproximadamente, 5 milhões para 2,5 milhões, é uma demonstração fatídica da crueza da personalidade que está administrando o Estado de Goiás. Pior mesmo, só em VALPARAÍSO DE GOIÁS, que jornais alardeiam que o Cabo Duarte foi indicado para secretário de cultura, pelo vereador Sd. Edivaldo, enfim, CULTURA VIROU CASO DE POLÍCIA! Dizem, ainda, que o cabo reclama que só tem uma salinha. Ora! Tinham que dar era uma viatura para ele! Enfim...

EXAMES SUPLETIVOS 2010 EM GOIÁS

AFRODESCENDENTES SÃO DESPREZADOS EM VALPARAÍSO-GO


SUPLETIVO, EDUCAÇÃO, CULTURA E MARCONI PERILLO EM GOIÁS